Imagem capa - Vou casar! E agora? por Jstella Fotografia
Casamento

Vou casar! E agora?


Vou casar! E agora?

Um dia você é pedida em casamento e, parece que todos os seus sonhos vão se realizar. No outro você está desesperada, debulhada em lágrimas em cima de um monte de revistas de noiva, sem a menor ideia por onde começar a organizar o seu casamento perfeito.

Salvo algumas noivinhas que já vem com tudo planejado de fábrica, ou desde a infância, a maioria fica mesmo perdida e acaba se estressando com tantas escolhas e decisões.

Para que isso não aconteça, fizemos este post com algumas dicas que você pode começar a seguir logo depois do “sim!”

Divirta-se e aproveite!



Planejando o casamento

Tempo

Apesar de parecer muito tempo, marcar a data para daqui um ano é o mínimo necessário para quem precisa se planejar.

Salvo se você for milionária e puder resolver tudo em um mês, tenha certeza que um ano a um ano e meio é o prazo ideal para organizar e pagar pelo casamento.

Com a data decidida, você já sabe em qual estação do ano irá se casar e, com isso já ir escolhendo outros detalhes, como por exemplo, o seu vestido!

Lembrando que a maioria dos casais preferem se casar na primavera ou no verão, o que facilita na escolha do modelito.





Orçamento

O segundo ponto, mas talvez o mais importante é avaliar o seu orçamento. Definir quanto vocês podem e querem gastar com este evento, vai influenciar em todas as outras escolhas.

Especialistas aconselham a guardar parte do valor determinado, como 5% ou 10%, para futuras emergências.

Assim, você não vai ficar desesperada caso tenha uma conta surpresa. Se o valor não for usado, melhor. Vocês podem aproveitar para gastar na lua de mel, ou ainda começar a vida a dois no azul.




Lista de convidados


Claro que o desejo é convidar todo mundo, mas vocês precisam ser práticos. Comece a lista com aquelas pessoas imprescindíveis. Depois decida se cada amigo tem direito a levar um convidado ou mais, etc. Lembrem-se que cada pessoa conta no final.

Além disso, a quantidade de pessoas a ser convidada, implicará diretamente na escolha do local.



Local

E falando em local, aqui é preciso levar em conta quais são seus desejos: céu aberto, salão fechado, se de dia ou de noite, se haverá um tema ou estilo, etc.

Veja que neste momento, as coisas começam a tomar forma, mas mesmo com os longos prazos, não deixe estas decisões para depois.

Algumas igrejas, ou mesmo sítios e salões, reservam datas com meses de antecedência.

Se não consegue se decidir vá por eliminatória, avaliando o que melhor combina com a época do ano, que comporta os seus convidados, que não fique fora do orçamento e, que possa estar bem decorado de acordo com o tema escolhido.


Comida e bebida

Sabendo o horário do casamento ficará mais fácil decidir se será serviço almoço ou jantar, ou até mesmo um brunch.

No Brasil, o buffet mais utilizado é o franco-americano, onde a comida fica disposta em ilhas e as pessoas se servem sozinhas.

Mas você pode ainda optar em servir apenas um coquetel após a cerimônia, ou mesmo um bolo com champanhe, para cerimônias mais intimistas.

Com relação ao cardápio, procure experimentar os alimentos que serão servidos e, se puder, vá até uma festa servida pelo buffet, para ter certeza se é o que quer.



Foto/filmagem

Algumas pessoas acabam levando em consideração apenas o preço na hora de escolher os profissionais que irão registrar o grande dia, no entanto é necessário um pouco mais que isso.

Comece avaliando os trabalhos anteriores deste profissional e, se puder conheça o seu espaço. Mesmo que tenha sido indicado, marque uma reunião e procure conhecer as pessoas que estarão com você no dia.

É preciso se identificar com o profissional e, que haja sintonia entre vocês. Só assim o fotógrafo conseguirá registrar não apenas as imagens, mas também as emoções de vocês e de seus convidados neste dia tão importante.



Música - DJ ou Banda

Pode até parecer uma decisão fácil, mas acredite, dependendo do estilo e tamanho do seu casamento, a escolha do tipo de música é muito importante, afinal, ela é que vai garantir a animação, ou não, da sua festa.

Para quem pensa com o bolso, a contratação do DJ ainda é a opção mais em conta, mas mesmo podendo escolher o repertório, muitos preferem uma banda, que garante maior interação com os convidados.

O importante é que independente da sua escolha, vá até um ou mais casamentos destes profissionais, para vê-los em ação.

Acredite, esta atração pode ser a responsável pelo sucesso ou fracasso do seu casamento, então escolha com cuidado.

No mais, organize-se e vá por eliminatórias que tudo dará certo!


Texto redação -Claudia Freitas 

Todo o conteúdo da Jstella Fotografia é protegido pelas leis de direitos autorais e direitos conexos. É expressamente proibido sua cópia, reprodução, difusão, transmissão, utilização, modificação, venda, publicação, distribuição ou qualquer outro uso, na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, fora dos casos expressamente previstos abaixo ou sem prévia autorização por escrito.